Monica Krexa

Argentina de nascimento e buziana de adoção, a designer de joias de alumínio Monica Krexa é também artista plástica e advogada.

“Desde sempre fiz acessórios”, declara ela, que a princípio achava que as esculturas e bijuterias fossem um hobby, pois assistia às aulas na Universidade de Buenos Aires manipulando seus arames e alicates.

Monica conta que conheceu o alumínio por pura casualidade e se encantou com ele. “Fiz a primeira pulseira com arame que achei nas sobras de uma construção. Poucos dias depois já tinha encomendas das colegas de escola, depois comecei a vender em lojas, tudo isso em Buenos Aires”.

Em 2011 Monica Krexa abriu a sua loja na rua das pedras, no balneario carioca de armação dos buzios, e desde então participa do Rio-a-porter, a bolsa de negocios do Fashion Rio,além de outros eventos do mesmo porte. Também vende no atacado dentro de Brasil e no exterior,

sustentável

Com o conceito de sustentabilidade como filosofia de vida, outro aspecto diferencial da marca esta dado no processo produtivo: ecologicamente correto o alumínio pode ser reciclado infinitas vezes.

A paixão da designer pelo alumínio surgiu há mas de vinte anos. Monica Krexa trabalha com vigor esse material, infinitas vezes reciclável, que dispensa outras fontes de energia e produtos químicos. Seu atelier em Búzios, região dos lagos do estado do Rio de janeiro, usa agua da chuva captada em cisterna própria para lavar as peças. As múltiplas formas, brilhos e textura que o alumínio assume nas mãos de Monica resultam em peças únicas, cada uma com sua própria historia.

O alumínio atrai tanto pelo forte apelo estético, brilho e textura quanto por suas qualidades funcionais: leveza, durabilidade e resistência. Não oxida nem perde o brilho com o passar do tempo, e ótimo em contato com a pele já que não produz reações nem escurece com o suor.


arte em alumínio

Deixar-se levar, escapar do convencional, fugir do pré determinado...

Minha proposta é partir de um material pouco valorizado e tratá-lo com as mesmas técnicas que se usa para trabalhar o ouro e a prata. Fundir, martelar, curvar, laminar..... processos que dão vida a minhas peças com alma de alumínio. Gosto fugir do convencional, utilizar materiais em outros contextos para os que foram criados. Enquanto crio novas joias, esqueço-me do tempo para ir de encontro às novas formas e texturas. Minhas fontes de inspiração são inesperadas: imagens que se misturam em meus sonhos, encontros com a natureza, paisagens, passeios em bicicleta... adoro fazer o que faço!!!”